Campeão destaque da comunidade: Bitey

O Campeão destaque da comunidade é uma coluna onde nós apresentamos os Campeões do NOSSO reino, que produzem e compartilham incríveis conteúdos de Paladins! Você conhece um criador que acha que deve aparecer aqui? Conta para a gente mandando um e-mail para nbashore@hirezstudios.com!

O Campeão destaque da comunidade de hoje é ninguém mais ninguém menos do que Bitey, um jogador de Paladins Competitivo e streamer do Twitch! Membro do SK Gaming, Bitey hvem jogando Paladins desde o comecinho, sempre transmitindo toda essa experiência! Lar da infame Borker’s Gym, seu canal no Twitch está cheio de jogadores querendo aprender com “O Treinador” ou conferir a sua mais recente personificação, seja como Tyra ou Strix!


Quando foi que você descobriu Paladins? 

Eu estava jogando bastante Dirty Bomb. Eu vinha jogando ele por um ano, mas já estava em seu declínio. Como eu já estava transmitindo naquela época, alguém no chat me sugeriu um jogo chamado Paladins. Logo depois eu recebi um código pra jogar e me apaixonei por ele. Eu comecei com uma equipe chamada Bully, que era eu e mais alguns amigos do Dirty Bomb, que queríamos ver o que ia acontecer. Era uma enorme diversão todas as noites! Isso foi mais ou menos uns dois anos e meio atrás. Ainda por volta do CB7!

 

Eu sei que do ponto de vista competitivo é importante aprender a jogar com todos os Campeões, mas você tem algum, ou alguns, que são os preferidos, que você quis jogar desde o começo?

Acho que o primeiro grande Campeão que eu amei foi Buck! Eu poderia ter ido pro Grohk, mas eu tinha que jogar com o Buck! Ele foi inclusive a inspiração para o nome do meu primeiro time, Bully, porque lá atrás ele era só um fortão no meio dos outros. E ele teve um monte de builds bacanas e era uma verdadeira ameaça. Ele podia ser um “meio-tanque” e o pessoal nem sabia disso! Ele tinha 3800 de vida, e era um cara grandão que ficava pulando por aí. Eu amava ele! Buck foi o meu primeiro amor.

 

Não importa o jogo, sempre há problemas e dificuldades enquanto você está aprendendo, principalmente na esfera competitiva. Que tipo de desafios você encontrou ao começar a jogar Paladins?

Eu tenho jogado competitivamente desde que tinha 19 anos, e depois de 10 anos fazendo isso, você aprende que não é apenas  treinamento árduo. Todo mundo fala que é isso, mas é muito mais! Você não fica bom apenas jogando. Quero dizer, eu comecei quando tinha 25 ou 26 anos, então eu tive toda essa experiência para me ajudar a saber o que fazer. Eu descobri o que era essencial para aprender um novo jogo. É principalmente sobre otimização e min/max (antever como minimizar as perdas em caso do pior cenário possível), entende? Qual é o máximo que você consegue fazer com um Campeão? O quão longe você consegue levar aquele Campeão? Você tem que aprender a tirar vantagem dos seus erros, pois cada erro é uma chance de você melhorar. E essa é minha forma de encarar várias coisas, de verdade. Você erra, você aprende, e você fica cada vez melhor. Essa é a parte árdua de verdade. Tenha certeza de que conhece seus limites, e você sempre poderá tentar desafiá-los no futuro.

 

Já sabemos que você está no mundo de Paladins desde o comecinho, mas quando foi que você começou a produzir conteúdo sobre o jogo?

Ah, acho que foi bem no começo. Eu já vinha transmitindo bem antes de conhecer Paladins.Eu só transmito o que eu faço, e meus fãs poderiam tanto participar junto quanto só acompanhar, e eu criei uma comunidade assim. Eu acho que o que aconteceu com Paladins, então, foi que eu finalmente consegui criar uma marca e comecei enfim a crescer de verdade. Eu sou “The Coach” (o Treinador), e eu sou o dono da Borker’s Gym. We got dogs all over the place, and you’re just here to work. You can pet the dogs, too, because they’re here for you protection. É engraçado, porque tudo aconteceu ano passado, mais ou menos quando o Gabe the Dog ficou famoso e foi aí que a coisa começou de verdade. Foi aí que o canal explodiu, e eu venho transmitindo direto desde então.

 

Eu queria te peguntar isso, Bitey, qual a verdadeira história por trás da Borker’s Gym?

Gabe the Dog era aquela coisinha fofa e peluda, e o dono fez alguns vídeos com ele. Se você olhar esses vídeos, vai notar que praticamente qualquer música pode ser convertida em latidos de cachorros. Eu amava isso, amava os vídeos e amava aquele cachorro! Eu sempre fui chamado de “The Coach” porque eu gosto de ansinar as pessoas, mas isso é só parte da história. A parte do The Borkers realmente atingiu o ápice quando o meme do Gabe the dog estava fazendo sucesso. Quando Gabe morreu, eu usei a foto dele, e inclusive pedi permissão para o dono do Gabe the Dog (que alguém no meu chat conhecia) se eu poderia usá-lo como emote. Hoje em dia eu tenho contato com o dono do Gabe the Dog. E quando eu estava com o emote do Gabe, eu realmente achei interessante ter cachorros por todos os lados na transmissão. E foi assim que tudo começou.

 

Quando você chegou em Paladins, como foi recebido pela comunidade de Paladins? Como foi a experiência?

Na boa, foi muito orgânica! Eu não gosto de pensar em mim como um streamer típico. Eu transmito porque eu gosto, e se as pessoas curtirem assistir, então elas assistem. Se você não curtir, eu realmente não me importo. E conforme o jogo foi crescendo, eu fui crescendo. Eu estava trabalhando full time jogando competitivamente e transmitindo, e isso foi o que eu tenho feito nesses últimos dois anos. Eu acho que encontrei meu nicho!

 

Você aprendeu alguma coisa que considera valiosa de passar para outros criadores de conteúdo?

Quando você está conversando com a galera no chat, a coisa mais impressionante é o número de vezes que você recebe a mesma pergunta. É meio que o dilema do streamer, saca? Você responde à pergunta direitinho. completamente. Uma resposta incrível, perfeita. E, uns dez minutos depois você recebe a mesmíssima pergunta. Você fica “Eu acabei de responder isso cinco minutos atrás, e agora vou ter que responder tudo de novo?” Mas a culpa não é deles, porque eles não estavam na transmissão quando você respondeu. Depois de tanto tempo já transmitindo, eu simplesmente aceito isso. Os espectadores vão perguntar as mesmas coisas de novo e de novo, e você não pode se irritar com isso. Você dá uma resposta padrão? Você responde de forma resumida? Isso é cada um que decide! O negócio é que eu dou aquela “super resposta” uma vez por dia, e acabo repetindo a mesma coisa mais uma dúzia de vezes. É engraçado, e é algo para o qual os streamers precisam estar preparados.

 

Você tem um tipo de conteúdo preferido de produzir ou transmitir?

Bem, uma coisa que eu estou começando a ficar conhecido é de me caracterizar como o personagem que eu estou jogando. Eu já me fantasiei de Zhin, de Strix, comecei a trabalhar na Tyra e agora no Sargento John Buck. Essas são provavelmente algumas das coisas mais legais que eu faço! De resto é só continuar sendo muito bom jogador, e me divertindo com isso! É coisa de momento, e às vezes eu estou tão dentro do jogo, que eu fico gritando até que a partida acabe. Eu sou realmente espontâneo, e isso faz bastante sucesso na transmissão.

 

E tem mais alguém que você gostaria de mandar um alô?

Obviamente, a galera do meu time, SK Gaming. É o trabalho duro deles que levou a gente onde estamos hoje. Stolzey e KamiVS são grandes inspirações. No caso dos espectadores, tem tantos…! Tem gente como o Xovhan, que fez músicas para mim. Ele literalmente fez canções a partir da minha voz e de coisas que eu transmiti! Esse é o tipo de inspiração que eu acho que sou capaz de dar às pessoas, e essa é realmente a parte mais maluca. Se alguém tem algum problema, ele pode vir falar comigo. Eu quero sempre o melhor das pessoas, e eu ensinarei qualquer coisa a qualquer um.

 

E para esses que querem aprender com você ou querem participar da comunidade, qual é a melhor maneira deles fazerem parte?

Quando eu estou transmitindo, é sempre hora de praticar. E de quando em quando eu pego alguns espectadores inscritos para jogar. Mas uma coisa que eu sempre estou fazendo é respondendo perguntas e tentando entreter quem me assiste. Eu estou sempre dividindo meus pensamentos e criando coisas malucas pras pessoas verem!

 

E quais são os seus planos para Paladins que os fãs podem esperar para o futuro?

Eu tô muito ansioso pra HRX 2018! Eu etsarei por lá durante todo o evento, conversando com todo mundo que quiser falar comigo.


Configurações customizadas de Bitey

  • Sensibilidade do mouse: 6
  • DPI do mouse:400
  • Campo de visão: 96

Siga Bitey